O que procurar num rótulo? Os essenciais.

O que procurar num rótulo? Os essenciais.

Com o grande número de produtos alimentares disponíveis nas prateleiras, torna-se difícil escolher. É aqui que entra o rótulo alimentar! A informação que oferece torna-se imprescindível para realizar escolhas alimentares mais equilibradas.

Começando pela lista de ingredientes:

  • Normalmente os ingredientes são listados do maior para o menor, indicando por vezes a proporção de cada um;
  • Procure alimentos com listagens mais simples, com menos aditivos (vulgarmente designados como E, seguidos de um número);
  • Atenção às “fontes escondidas” de açúcar: sacarose, maltose, glucose, frutose, xarope de glucose, mel, dextrose.

Quanto à informação nutricional:

  • A designação “valor energético” corresponde às calorias fornecidas. Se adquirir um produto em dose individual (ex.: iogurte) veja o número de calorias por porção (dose que vai consumir);
  • Hidratos de Carbono – dos quais açúcares: procure alimentos com menor quantidade de açúcares por 100g, preferindo alimentos que contêm apenas açúcares naturalmente presentes (em que não há adição, devendo para tal verificar a lista de ingredientes);
  • Fibra: deve ingerir diariamente entre 25 e 30g. Produtos com mais de 3g de fibra por 100g são fonte de fibra;
  • Atenção aos alimentos que contêm mais de 0,6g de sódio (ou 1,5g de sal /100g). Devem ser de consumo pontual.

Perder alguns minutos na consulta do rótulo trará grandes benefícios à sua alimentação!

Sara Policarpo, Nutricionista Membro da Ordem dos Nutricionistas nº 0466N.
Colaboração com Dietética e Nutrição da ESTeSL.