Sementes de Linhaça: ómega 3 e muito mais

Sementes de Linhaça: ómega 3 e muito mais

Sabia que…

As sementes de linhaça podem melhorar a textura (para além do valor nutricional) de produtos de panificação e pastelaria? Tem, entre outras, a capacidade de aumentar o volume destes produtos, elemento importante sobretudo quando se utilizam farinhas sem glúten.

 

As sementes de linhaça (ou linho) são extraídas de plantas originárias da Eurásia; atualmente a América é o seu maior produtor. São utilizadas desde há mais de 7 mil anos na alimentação humana. Existem duas variedades de sementes de linhaça, as castanhas e as douradas, ambas com valor nutricional semelhante. Apresentam alto teor em ácidos gordos ómega 3, podendo ser uma fonte importante deste nutriente para quem pratica uma alimentação à base de produtos vegetais, como no caso de uma alimentação vegan, uma vez que a melhor fonte desta tipologia de gorduras são os peixes gordos.

O ómega 3 presente nestas sementes é o ácido alfa-linolénico (ALA), que é um ácido gordo denominado essencial, uma vez que o nosso organismo não o consegue produzir tendo de ser obrigatoriamente obtido através da ingestão de alimentos. O ALA permite ao organismo produzir EPA e DHA (os ácidos gordos encontrados no peixe) e, estes sim, estão associados mais diretamente a benefícios para a saúde. Ainda assim, a ingestão de ALA contribui já para a manutenção de níveis normais de colesterol no sangue.

Quando acrescentadas ao seu dia alimentar contribuem para aumentar o consumo de ómega 3, de fibra e sobretudo das vitaminas e minerais enumerados na tabela. 1 colher de sopa destas sementes fornecem-lhe aproximadamente 3g de fibra. Preconiza-se uma ingestão de fibra diária adequada de 25g para mulheres, de 38g para homens, e de 25g para crianças dos 4 aos 8 anos.

Podem ser um bom contributo para contrariar a obstipação das crianças juntamente com outras medidas. Para este fim pode, por exemplo ,adicionar sementes de linhaça moídas a um batido.

valores_sementes_de_linhaca

Conheças os benefícios nutricionais deste alimento:

  • Contém ferro e folato que contribuem para o normal funcionamento do sistema imunitário;
  • Contém magnésio e potássio que contribuem para o normal funcionamento muscular;
  • O potássio presente contribui ainda para a manutenção de uma pressão arterial normal.

Sugestão de utilização:
Pode usar de variadas formas para acrescentar valor nutricional às suas refeições sobretudo intermédias ou sobremesas (cereais de pequeno-almoço, papas, sumos, batidos, iogurtes, pães, tartes, massa para bolos, entre outros). Pode também adicioná-las às refeições principais, por exemplo nas sopas. Pelo facto de serem sementes com uma casca muito resistente, e por isso de mais difícil digestão, podem ser moídas, para facilitar assim a absorção dos nutrientes contidos nas mesmas. Uma moagem grosseira será o suficiente para facilitar esse processo. Sobretudo se moídas, as sementes de linhaça deverão ser conservadas no frigorífico pela sua elevada quantidade de gordura que tende a rancificar à temperatura ambiente.

Equipa de nutricionistas Jumbo

Experimente as nossas receitas com sementes de linhaça dourada!

Sopa de abóbora
Crumble de aveia com frutos secos e iogurte
Mousse de nêspera