Farinha de Coco: um ingrediente, inúmeras utilizações

adobestock_66015166-tbn

Sabia que…

A farinha de coco é feita a partir da polpa deste fruto? Após realizada a drenagem da sua água (para produção de bebida de coco) é retirada a polpa. Esta polpa é posteriormente prensada e desidratada a temperaturas elevadas, sendo a sua humidade reduzida até valores entre os 2 e os 5% (humidade inicial na ordem dos 50 a 60%), de modo a permitir a sua conservação à temperatura ambiente.

O coco é um fruto originário da Ásia, usado em muitas cozinhas tropicais, como o sul da Índia, o sudeste Asiático, África e América do Sul. A farinha que dele resulta é semelhante à farinha de trigo em cor e textura. No entanto, possui maior teor de fibra, proteína e gordura, incluindo saturada, devendo por isso ser consumida em moderação. Na preparação de pães ou bolos, prefira utilizar farinha de coco juntamente com outra farinha, de trigo ou de um fruto oleaginoso como a amêndoa, de forma a obter um valor nutricional mais equilibrado. É um substituto de farinhas convencionais, sendo uma opção sem glúten.

valores_farinha-de-coco_2

Do ponto de vista nutricional, apresenta alto teor de fibra, podendo ser mais uma produto a considerar para promover o aumento do consumo deste nutriente. Mesmo com um consumo moderado, tal como recomendado, 1 colher de sopa já adiciona cerca de 3g de fibra ao dia alimentar.

Sugestão de utilização

Utilize em batidos de frutos e/ou legumes, iogurtes, mueslis, saladas para enriquecê-los e na preparação de pães e bolos em substituição total ou parcial de outras farinhas. Pode também ser usado como agente espessante em gelados, compotas, molhos, cremes e sobremesas, uma vez que absorve bastante água.

Equipa de nutricionistas Jumbo

Prove todo o sabor da Farinha de Coco com a nossa receita de Bolo de banana e sementes de farinha de coco.