Ideias para variar as receitas – Massa e Vegetais

AdobeStock_88710864

Quantas vezes sentiu que os acompanhamentos das suas refeições são sempre iguais? Na verdade pode pegar num clássico e, com pequenas variações, oferecer uma novidade à sua família! Se é fã ou tem fãs de massa lá em casa, este artigo é para si!

Opção 1

Massa COM vegetais
Quantas vezes fez arroz de cenoura, grelos, tomate …? Alguma vez lhe ocorreu que pode fazer o mesmo com massa? Basicamente, a receita é a mesma, trocando o arroz por esparguete, laços, macarrão, cotovelos, o que preferir. Quanto aos vegetais, pode juntar cenoura, brócolos, couve-flor, grelos, cogumelos, tomate, ou uma mistura destes. Ao adicionar o vegetal diretamente à cozedura da massa, obtém um acompanhamento de massa com sabor diferente. Outra opção será cozer a massa e saltear (com pouco azeite) alguns vegetais à parte, juntando tudo já cozinhado no final. Com qualquer uma destas opções, pode/deve utilizar menos massa, pois os vegetais aumentam significativamente o volume do acompanhamento. Numa situação em que tem de controlar e reduzir a quantidade de massa a consumir, esta opção é perfeita.

Opção 2

Massa DE vegetais
Ultimamente, este tipo de “esparguete” tem estado na moda pois é muito fácil de fazer e fica muito saboroso. O conceito é substituir o esparguete por fios de um vegetal, obtendo um acompanhamento com aspeto similar, mas com muito mais fibra e muito menos quantidade de hidratos de carbono. Para quem está a excluir os farináceos de alguma refeição principal, esta é uma excelente escolha. Neste caso tem de ter um aparelho específico, que pode encontrar à venda nas lojas do Jumbo, para criar estes fios de vegetais. Encontra aparelhos com um aspeto similar a um descascador ou a chamada “máquina espiral” ou espiralizador. Pode fazer este “esparguete” com curgete ou abóbora. No caso da abóbora, aconselha-se que utilize uma abóbora pequena, corte fatias grossas, retire as sementes e leve ao forno por cerca de 25min (200°C). Depois é só deixar arrefecer e utilizar o aparelho para criar os fios. Quanto à curgete, faça em fios com ela ainda em cru e depois pode saltear ou cozer, por 2 ou 3 minutos. Há quem utilize esta última técnica para fazer esparguete de batata-doce, o que pode ser outra opção, se bem que aí o teor em hidratos de carbono já será aproximado ao da massa normal.

Acima de tudo, dê largas à imaginação, sem medos e com muitos vegetais! Vai ver que será um sucesso bastante saudável.

Catarina Monteiro, Coach da Your Challenge.
Formadora e Nutricionista do Nutrihome. Membro da Ordem dos Nutricionistas nº0759N.