Sementes de Papoila: para fortalecer os músculos (e as suas receitas)

AdobeStock_103142081_299

Sabia que…

Algumas sementes de papoila têm um sabor amargo e apimentado? Isto resulta de processos de transformação destas sementes, misturando-se o seu óleo com enzimas, gerando ácidos gordos livres.

E sabia que as sementes de papoila são das sementes que possuem um maior teor em cálcio? Uma porção (10 a 20 g) deste alimento fornece entre 144 a 288 mg de cálcio, equivalente a 18% – 36% do valor diário de referência deste micronutriente.

Sabia ainda que a cor azul visível das sementes de papoila é, na verdade, uma ilusão ótica? A sua tonalidade real é acastanhada. Estas sementes têm na sua composição pequenos cristais de oxalato de cálcio, os quais permitem que os comprimentos de onda azul sejam refletidos seletivamente.

 

A papoila (Papaver rhoeas L.) é uma planta medicinal, originária do Mediterrâneo Oriental. As sementes de papoila provêm da espécie Papaver somniferum. 50% do seu peso é composto por óleo. Este óleo apresenta um alto teor de gorduras polinsaturadas, como o ácido linoleico, gorduras benéficas para o sistema cardiovascular.

sementes_de_papoila2

Os nutrientes contidos nas sementes de papoila trazem benefícios para a saúde, nomeadamente:

  • As proteínas contribuem para o crescimento da massa muscular e manutenção de ossos normais;
  •  Substituir as gorduras saturadas por gorduras insaturadas na alimentação contribui para a manutenção de níveis normais de colesterol no sangue;
  • O cálcio, o fósforo e o magnésio contribuem para a manutenção de ossos e dentes normais;
  • O cálcio e o ferro contribuem para um normal metabolismo produtor de energia e funcionamento do sistema imunitário;
  • O magnésio contribui para o normal funcionamento muscular.

Sugestão de utilização
Pode optar por tostar ligeiramente no forno e/ou moer, de modo a realçar o seu sabor e torná-las mais fáceis de digerir. Adicione a massas, arroz, legumes salteados, cereais de pequeno-almoço, papas, pão, biscoitos, sobremesas, doces, sopas, saladas, molhos, recheios, sumos, batidos e iogurtes. Aconselha-se a cobrir as sementes com água a ferver e deixar repousar durante algumas horas, para tornar os nutrientes destas sementes mais acessíveis. Esta técnica permite ao organismo melhor aproveitar os nutrientes existentes nas sementes, pelo facto de humedecer a casca facilitando a exposição e consequente absorção dos nutrientes.

Experimente as nossas receitas com sementes de papoila!
Salada de frango tropical
Brigadeiro de castanha e sementes de papoila

 Equipa de Nutricionistas Jumbo