O melhor presente no dia do pai? Companhia para o exercício.

AdobeStock_87304628_299

No mês que celebramos o Dia do Pai queremos agradecer ao nosso por tudo o que fez por nós. É a nossa vez de cuidarmos dele. Se está a ler este texto, provavelmente já estará em idade adulta, e este ano dedicamos este dia ao nosso Pai (nunca esquecendo dos nossos filhos, claro!).
Com o passar dos anos, geralmente vamos perdendo algumas capacidades motoras, tais como: flexibilidade, força, equilíbrio, massa muscular e densidade óssea podendo resultar num aumento de massa gorda que, com o excesso de peso associado, poderá trazer doenças como a hipertensão, derrames, obesidade, osteoporose, ansiedade, depressão, entre outras. E nós queremos evitar isso!

Sabemos que a atividade física é um elemento fundamental para prevenir e atrasar o processo de envelhecimento. Se não, veja-se:

  • Melhora a força muscular, o equilíbrio, a agilidade, facilita os movimentos dos membros e tronco diminuindo o risco de quedas;
  • Melhora o condicionamento físico em geral, o sentimento de bem-estar e pode ajudar na redução e prevenção de doenças, bem como na redução do consumo de medicamentos;
  • Promove o convívio social, estimula os aspetos cognitivos (memória, atenção) aumentando também a auto-estima e confiança.

Por todos estes motivos, a atividade física deve ser feita com regularidade, fazendo parte do dia-a-dia do seu Pai. Para isso é importante que seja algo que lhe dê prazer. Basta que vista uma roupa confortável e calçado adequado e tem várias modalidades que pode fazer: alongamentos, dança, pilates, yoga, caminhadas, atividades lúdicas, ginástica geral, natação, hidroginástica…
Desafie o seu pai e façam isso em conjunto, para o motivar e encorajar. Divirtam-se!

Podem fazê-lo em casa, por exemplo:

  • Agachamento – com os pés afastados, mãos esticadas para a frente e baixar até onde conseguir, lentamente, 10 vezes.
  • Braços – com um pacote de arroz em cada mão, fletir o cotovelo e levar os pesos em direção aos ombros, voltando à posição inicial. Repetir 10 vezes.
  • Ombros – sentado com um pacote de arroz em cada mão, elevar acima da cabeça até os braços tocarem nas orelhas (ou o mais aproximado). Repetir 10 vezes.
  • Pernas – subir um degrau e voltar a descer ao seu ritmo. 10 vezes cada perna.

Em casos mais específicos, a atividade física deve ser sempre feita sob prescrição de um médico geriatra, fisioterapeuta ou por um profissional de desporto/educação física.

Teresa Almeida Técnica de Exercício Físico nº11611
www.portugalemforma.com