Beber muita água leva à retenção de líquidos?

Beber muita água leva à retenção de líquidos?

Um dos mitos associados à hidratação que mais surge na população é a crença de que beber muita água leva à retenção de líquidos. A realidade é que o corpo retém água em resposta a desequilíbrios bioquímicos e hormonais, ao aumento da concentração de toxinas no organismo, a alterações ao nível da saúde cardiovascular e celular e, curiosamente, à desidratação.

Se não ingerir líquidos suficientes para satisfazer as suas necessidades hídricas, uma das respostas a que o organismo pode recorrer é à retenção de água, para compensar os níveis baixos de fluidos.

Paradoxalmente, pode eliminar a retenção de líquidos ao beber mais água, uma vez que, mantendo um correto estado de hidratação, não haverá a tendência para que os rins retenham a água que deveria ser eliminada, por forma a compensar um desequilíbrio hídrico.

Apesar de existirem vários sinais físicos associados a esta condição, a falta geral de energia é o sintoma mais comum da retenção de água, provocada pela ingestão insuficiente de líquidos.

Conclusão: A ingestão insuficiente de líquidos é um dos fatores que provocam a retenção de líquidos. Se sofre deste problema, procure aconselhamento profissional que o/a possa ajudar na identificação da verdadeira causa do mesmo. Não dependa de diuréticos e não evite o consumo de água para resolver a retenção, pois ambas as estratégias tendem a piorar este problema, e não a melhorar.

Liliana Oliveira, Nutricionista do Movimento 2020.
Membro da Ordem dos Nutricionistas nº 2005N.