Importância da hidratação na diabetes

Importância da hidratação na diabetes

14 de Novembro – Dia Mundia da Diabetes

O papel da água no organismo é de extrema importância, 60% do nosso corpo é água! A água lubrifica as articulações e tonifica os músculos, regula a temperatura corporal e transporta oxigénio e nutrientes até às células. A hidratação é importante para qualquer pessoa, mas na diabetes deve ser dada especial atenção porque alguns dos sintomas de desidratação podem ser confundidos com os de hipo ou hiperglicemia (diminuição ou elevação de açúcar no sangue). Para além disso, quando os níveis de glicémia (açúcar no sangue) estão elevados, a pessoa urina mais vezes devido ao trabalho extra dos rins a eliminar o açúcar em excesso, pelo que há um risco acrescido de desidratação.

Os sintomas de desidratação podem ser:

  • Sede, dor de cabeça, tonturas e cansaço – ligeira;
  • Boca seca, pouca urina, lentidão e taquicardia – moderada;
  • Sede extrema, nenhuma urina, respiração rápida, estado mental alterado e pele fria e húmida – severa – emergência médica.

Embora as necessidades hídricas variem, recomenda-se que uma pessoa adulta beba entre 1,5 a 2L de água por dia (6-8 copos). Outras bebidas podem também ajudar, mas como podem apresentar elevado teor de açúcar deve existir uma atenção especial. A água acaba por ser a melhor opção.

Dicas para se manter hidratado:

  • Ter sempre uma garrafa de água durante o dia;
  • Se não gostar de água, tente adicionar limão ou lima ou beber chá sem açúcar;
  • Garantir a ingestão de água antes, durante e depois de qualquer atividade física;
  • Se tiver dificuldade em lembrar-se de beber água, faça um horário; por exemplo, quando acorda, a cada uma das refeições e quando se vai deitar.

Ana Raimundo Costa, Nutricionista Membro da Ordem dos Nutricionistas nº0451N.
Colaboração com Dietética e Nutrição da ESTeSL.