Programa Alimentação Saudável

Escangalhado de bacalhau com húmus de grão e couve-flor

Receitas Jumbo

Escangalhado de bacalhau com húmus de grão e couve-flor

Em vez das 1001 receitas de bacalhau, agora há 1002 formas de confecionar este peixe de eleição da gastronomia portuguesa. Bom apetite!

Jumbo e Chef Fábio Bernardino

Nutrição

Energia (kcal): 261

Lípidos (g): 6

Saturados (g): 1

Hidratos de Carbono (g): 29

Açúcares (g): 8

Fibra (g): 11

Proteínas (g): 16

Sal (g): 1,4

Preparação

Tempo Menos de 1 hora

Quantidade 4 pessoas

Dificuldade Médio

Ingredientes

Preparação

  1. 1

    Coza a couve-flor em leite com cravinho. Retire.

  2. 2

    Esmague grosseiramente a couve-flor com o grão de bico e tempere com coentros picados, açafrão, sementes de mostarda, sal, pimenta e sumo de lima.

  3. 3

    Salteie a cebola roxa com o alho francês em azeite, junte o bacalhau e a couve lombardo cortada em juliana.

  4. 4

    Sirva uma cama de couve-flor e grão de bico e deposite cuidadosamente o bacalhau.
    Se quiser, pode subsituir o bacalhau por outro peixe, como a pescada, para uma
    nova receita. Uma sugestão diferente para o nosso tradicional bacalhau de Natal.
    Boas festas!

Dica do nutricionista

Recorrendo a tradicionais ingredientes, aqui se apresenta uma receita diferenciadora em que o grão-de-bico se transforma em “húmus”, uma pasta condimentada característica do Médio Oriente. Sabia que o húmus é uma excelente alternativa para rechear as suas sandes? Aproveite a culinária saudável dos outros países para trazer variedade à sua alimentação.

Para o caso de intolerâncias à lactose de grau mais severo, esta receita propõe o uso de leite sem lactose.
Conheça mais sobre a intolerância à lactose em:
Acho que posso ser intolerante à lactose, e agora?!

Escangalhado de bacalhau com húmus de grão e couve-flor
Programa Alimentação Saudável

Escangalhado de bacalhau com húmus de grão e couve-flor

Em vez das 1001 receitas de bacalhau, agora há 1002 formas de confecionar este peixe de eleição da gastronomia portuguesa. Bom apetite!

Jumbo e Chef Fábio Bernardino

Nutrição

Energia (kcal): 261

Lípidos (g): 6

Saturados (g): 1

Hidratos de Carbono (g): 29

Açúcares (g): 8

Fibra (g): 11

Proteínas (g): 16

Sal (g): 1,4

Preparação

Tempo Menos de 1 hora

Quantidade 4 pessoas

Dificuldade Médio

Ingredientes

  • 400g

    Bacalhau em lascas

  • 500g

    Grão-de-bico cozido

  • 200g

    Couve-flor

  • 400g

    Cebola roxa

  • 200g

    Alho-francês

  • 200g

    Couve lombardo

  • 20g

    Alho

  • 1

    Lima

  • 1 c. de sopa

    Azeite

  • 100ml

    Leite sem lactose

  • 1 c. de café

    Cravinho

  • 1 c. de café

    Sementes de mostarda

  • 1 c. de café

    Coentros

  • 1 c. de café

    Açafrão

  • 1 c. de café

    Sal

  • 1 c. de café

    Pimenta

  • Para comprar os ingredientes, clique sobre os que deseja.

Preparação

  1. 1

    Coza a couve-flor em leite com cravinho. Retire.

  2. 2

    Esmague grosseiramente a couve-flor com o grão de bico e tempere com coentros picados, açafrão, sementes de mostarda, sal, pimenta e sumo de lima.

  3. 3

    Salteie a cebola roxa com o alho francês em azeite, junte o bacalhau e a couve lombardo cortada em juliana.

  4. 4

    Sirva uma cama de couve-flor e grão de bico e deposite cuidadosamente o bacalhau.
    Se quiser, pode subsituir o bacalhau por outro peixe, como a pescada, para uma
    nova receita. Uma sugestão diferente para o nosso tradicional bacalhau de Natal.
    Boas festas!

Dica do nutricionista

Recorrendo a tradicionais ingredientes, aqui se apresenta uma receita diferenciadora em que o grão-de-bico se transforma em “húmus”, uma pasta condimentada característica do Médio Oriente. Sabia que o húmus é uma excelente alternativa para rechear as suas sandes? Aproveite a culinária saudável dos outros países para trazer variedade à sua alimentação.

Para o caso de intolerâncias à lactose de grau mais severo, esta receita propõe o uso de leite sem lactose.
Conheça mais sobre a intolerância à lactose em:
Acho que posso ser intolerante à lactose, e agora?!